Andreia Horta será madrinha do Camarote Bar Brahma

Temática do espaço foi revelada nesta quinta-feira, em festa para convidados no Bar Brahma do Centro. Atriz viveu Elis Regina, parceira do sambista paulistano, no cinema

Para o Camarote Bar Brahma, o Carnaval de 2017 já começou. Este ano, o espaço mais desejado do Anhembi fará uma homenagem a Adoniran Barbosa, ícone do samba paulistano. O anúncio foi feito na noite desta quinta-feira, 26, durante a festa de lançamento do evento, no Bar Brahma do Centro, que contou com a presença de músicos, artistas, empresários e jornalistas.

Além de revelar detalhes do tema escolhido aos convidados, Caire Aoás, diretor do Camarote Bar Brahma, foi o responsável por anunciar o nome da madrinha de 2017: a atriz Andreia Horta, destaque do cinema nacional no ano passado ao protagonizar o filme “Elis”, que retrata a vida de Elis Regina, parceira musical de Adoniran e que deu voz a “Tiro ao Álvaro”, um dos seus maiores sucessos.

“Queríamos uma madrinha que representasse a alma do camarote e também fizesse sentido com a nossa homenagem ao Adoniran. O nome da Andreia traz tudo isso. Estamos muito honrados com sua presença nesta edição”, disse Caire.

Andreia, 33, é uma das atrizes mais talentosas de sua geração. Estrelou três filmes e contabiliza 12 trabalhos na TV, entre novelas e séries. Além de “Elis”, seu trabalho mais recente foi “Liberdade, Liberdade”, da Rede Globo. “Estou muito feliz com esse convite para ser a madrinha do Camarote Bar Brahma. Salve, Salve Adoniran Barbosa! Espero vocês no Carnaval”, celebrou a atriz, em mensagem de vídeo exibida no lançamento.

Na festa, também foram antecipados detalhes da cenografia do espaço. Alinhado com a homenagem a Adoniran, que retratava a cidade de São Paulo de forma peculiar em suas canções, o local terá espaços temáticos.

O receptivo será transformado no bairro do Brás. Já o túnel de entrada e toda a fachada do camarote representarão a Estação Jaçanã, famosa pela música “Trem das Onze”. O palco  principal será um palacete abandonado na Móoca, e o segundo espaço para shows remeterá a uma roda de samba do Bixiga. Os camarotes corporativos se transformarão em cartões-postais paulistanos, enquanto quem for à praça de alimentação se sentirá no Mercado Municipal.

Fonte:  Sapo Cultural 

1 comentário Adicione o seu

  1. Marcos Horta disse:

    Notícia sensacional e bem publicada por vocês! Parabéns!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *